VÍDEOS - RODANDO O MUNDO

Loading...

segunda-feira, 6 de maio de 2013

VALDÍVIA - CHILE


Localizada a 150 Km de Pucón e a 835Km da capital, a cidade de Valdívia não tem muitas atrações para o turista comum e não está na ista das cidades ais visitadas d Chile, mas desde que estive aqui em 2004 e me deparei com os lobos marinhos no mercado de peixes, fiquei com esse destino gravado e não poderia deixar de inclui-lo.

A estrada que da acesso a cidade é de pista dupla e com muito movimento em seus 45 Km, mas até essa entrada você percorre a rota 5, com duas faixas, muito em sinalizada e conservação impecável.

O que irá assustar no Chile são os pedágios, que consomem vorazmente o seu dinheiro ais rápido do que você consegue imaginar. As praças estão a cada 50 ou 60 Km e os preços variam de 900 a 3100 pesos ( 2 a  7 dólares) e ao sair da estrada em alguns pontos, lá estará a boa e conhecida cabine do pedágio.

A cidade foi uma das mais afetadas pelo grande terremoto de 1960 que atingiu o pais e alcançou 9,5 pontos na escala Richter, e estima-se que a cidade afundou cerca de 2 metros após o ocorrido.

Dentre as opções de passeio por aqui está um tour de barco pelo rio Valdívia até o Oceano Pacífico, mas a maior atração do local são os leões ou lobos (ninguém conseguiu me explicar ao certo) que moram as margens do rio na frente de uma feira perto da ponte Pedro de Valdívia.

Os animais ficam a espera das sobras da limpeza dos peixes que é feita pelos vendedores e que são oferecidas  aos montes. A grande oferta de comida tornou o lugar a residência fixa de quase uma centena desses animais que disputam cada cm quadrado aos grito e ameaças entre eles.

Quando estive aqui da última vez em 2004 a grade de proteção era bem mais baixa e frágil e os animais conseguiam subir até as bancas de peixes e apear dos seus quase 500 Kg, eram tratados como animais de estimação, obedecendo as ordens dos feirantes.

Um dos animais em especial, talvez pela sua idade e condição de saúde, tem um lugar reservado e bem ais próximo a comida e apesar da docilidade que demonstrava, fomos aconselhados a não os aproximar  muito.

Valeu cada Km rodado a mais para chegar a esse lugar, e para a Luiza então foi uma festa com aquele monte de "foquinha" tão perto......


A feira está localizada em frete ao mercado municipal da cidade, onde além de várias lojas de presentes regionais, há vários restaurantes especializado em frutos do mar a um preço bem convidativo.





















Um comentário:

Ana do Viajar é tudibom! disse...

Lindas imagens, lembrei do Porto em Punta del Este, lá também os Lobos fazem o espetáculo!!!